Voltar

Válter Fonseca: "Se chegarem mais vacinas, será possível vacinar mais idosos em simultâneo"

14/01/2021
web_vacina_2

O diretor do Departamento de Qualidade na Saúde na Direção-Geral da Saúde e coordenador da Comissão Técnica de Vacinação contra a COVID-19, Válter Fonseca, concedeu uma entrevista ao Diário de Notícias, na qual explicou que os maiores de 65 anos, sem comorbilidades associadas ou em lares, serão vacinados mais cedo se chegarem mais vacinas do que as que estão a chegar agora.

“O plano [de vacinação contra a COVID-19] é adaptável. Vamos imaginar que chegam muito mais doses do que as que estão a chegar atualmente, então é possível que se possa vacinar o maior número de pessoas com critérios mais alargados e em simultâneo. Ninguém ficará para trás, ninguém deixará de ser vacinado”, adiantou.

Em declarações ao DN, Válter Fonseca explicou que “a Comissão Técnica de Vacinação contra a Covid-19 tem demonstrado desde o início abertura para discutir os critérios que foram definidos no final de novembro, numa altura em que nenhuma das vacinas que hoje temos estava aprovada”. E reforçou: “o plano é dinâmico e adaptável.”

Saiba mais: Diário de Notícias – Exclusivo Válter Fonseca: “Se chegarem mais vacinas, será possível vacinar mais idosos em simultâneo”