11/03/2020

DGS informa da existência de informação falsa a circular nas redes sociais

A Direção-Geral da Saúde (DGS) tomou conhecimento de que anda a circular informação falsa sobre pessoas infetadas com o Covid-19 que teriam viajado de/para os Açores no dia 2 de março e num barco no dia 4 de março, solicitando a todos os que tivessem viajado nestes voos para contactar o Centro de Contacto do Serviço Nacional de Saúde (SNS 24).

«Quem viajou, no dia 02/03/2020, nos voos TAP Porto/Lisboa TP 1933 (07H00), TAP Lisboa/Terceira TP 1823 (09H30), SATA Terceira/São Jorge SP 612 (11H50) e, no dia 04/03/2020, no barco ‘Mestre Jaime Feijó’ Velas/Madalena (manhã), CONTACTE A LINHA DE SAÚDE 808242424».

A DGS garante que esta informação é totalmente falsa e lamenta e condena este tipo de atitudes que em nada contribuem para o combate a este novo surto.

A DGS apela ao bom senso da população para apenas contactar o Centro de Contacto SNS 24 com efetivas suspeitas de sintomas de doença e para a atenção quanto à circulação nas redes sociais informação e mensagens não oficiais e não confirmadas, de forma a evitar alarmismos infundamentados.


O Plano Nacional de Preparação e Resposta para a doença por novo coronavírus

O Plano Nacional de Preparação e Resposta para a doença por novo coronavírus (COVID 19) é uma ferramenta estratégica de preparação e resposta a uma potencial epidemia pelo vírus SARS CoV 2. Este Plano tem como referencial as orientações da Organização Mundial da Saúde e do Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças, sendo o documento de referência nacional no que respeita ao planeamento da resposta a COVID 19.


Orientação nº 007/2020 de 10/03/2020

Infeção pelo novo Coronavírus (SARS-CoV-2) – COVID-19 – Eventos de Massa


Coronavírus: Polígrafo e Direção-Geral da Saúde estabelecem parceria contra as “fake news”

A partir de hoje, todos os conteúdos produzidos pela redação do Polígrafo sobre o coronavírus serão validados cientificamente pela Direção-Geral da Saúde, o organismo máximo de saúde pública em Portugal.  

O Polígrafo e a Direção-Geral da Saúde decidiram aliar-se na luta contra a desinformação sobre a doença por novo coronavírus: a (Covid-19).  

A parceria, que se efetiva a partir desta segunda-feira, 2 de março, consiste em identificar, avaliar e classificar a informação que vai sendo publicamente partilhada sobre um tema que é já um case study mundial em matéria de desinformação.  

Graça Freitas, Diretora-Geral da Saúde, refere que a “publicação e partilha de informação falsa é um dos maiores riscos para a saúde pública, quando se trata de problemas emergentes como o da COVID-19. Esta parceria é um importante contributo para distinguir informação falsa da fidedigna”.

Por seu lado, Fernando Esteves, diretor do Polígrafo, sublinha que esta parceria – que não envolve quaisquer contrapartidas financeiras – “é um exemplo acabado dos princípios que estiveram na base da criação do jornal: a defesa da verdade, nomeadamente em cenários críticos de saúde pública, como é manifestamente o caso.”  

A partir de hoje, o dia em que foram conhecidos os primeiros dois casos de infeção em Portugal, todos os fact-checks publicados pelo Polígrafo sobre este tema serão previamente sujeitos a uma validação científica por parte de um especialista designado pela Direção-Geral da Saúde.

A parceria engloba igualmente a produção, pelo Polígrafo, de material infográfico dedicado ao assunto, com o objetivo de explicar de forma simples um fenómeno sobre o qual ainda subsistem muitas dúvidas, até na comunidade científica. Toda a informação produzida no âmbito deste acordo pode ser livremente utilizada por qualquer outra publicação, desde que referida a fonte original. 

Refira-se que a Direção-Geral da Saúde já tem uma página online exclusivamente dedicada ao tema (pode visitá-la aqui). Nela, o cidadão pode consultar, entre outras coisas, os mais recentes desenvolvimentos epidemiológicos ou inteirar-se sobre as melhores práticas para prevenir uma infeção. 

Esta não é a única parceria que o Polígrafo estabeleceu a propósito da epidemia do coronavírus. A nível internacional, o Polígrafo participa no projeto de jornalismo colaborativo CoronaVirusFacts Alliance, em que dezenas de jornais de fact-checking provenientes de todo o mundo se uniram para verificar a veracidade das informações colocadas a circular online.

Saiba mais em:

www.dgs.pt 
https://poligrafo.sapo.pt/ 
https://poligrafo.sapo.pt/institucional/artigos/coronavirus-poligrafo-e-direcao-geral-da-saude-estabelecem-parceria-contra-as-fake-news