Voltar

Situação dos lares de idosos acompanhada com atenção

17/08/2020
isolamento social idoso banner

O Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, disse esta segunda-feira que a situação nos lares continua a ser acompanhada com atenção, “apesar de alguma estabilidade e da tendência de diminuição de infeções nestes estabelecimentos”.

“Temos hoje 70 Estruturas Residenciais Para Idosos com casos de infeção por SARS-CoV-2, ou seja, menos de 3% do universo total, com 542 utentes e 207 funcionários positivos”, anunciou o governante.

Em declarações aos jornalistas na conferência de imprensa de atualização dos dados da COVID-19, o governante garantiu que “a experiência tem levado a correções e a melhorias”. No Alentejo, por exemplo, foram visitados 261 das 283 ERPI’s, tendo sido elaborados relatórios com as inconformidades detetadas, “estando os serviços a aferir as correções das mesmas”.

No resto do país, destacou Lacerda Sales, os lares têm recebido visitas das equipas mistas da Segurança Social, Autoridades de Saúde e Proteção Civil, “para verificação da implementação das visitas”.

“Este é um trabalho conjunto com as instituições, com as autarquias e com a Segurança Social com um objetivo comum, que é proteger a população que é mais vulnerável ao vírus e que nos obriga a um dever especial de proteção”, frisou o Secretário de Estado da Saúde.

Questionado sobre a chegada de ventiladores ao país, António Sales esclareceu que ontem chegaram 114 aparelhos para ventilação mecânica invasiva ao país. Dos 1.211 ventiladores adquiridos por Portugal, 966 já foram entregues e os restantes encontram-se em testes.

Aos ventiladores adquiridos juntam-se 101 doados, 10 emprestados e 119 que foram recuperados. Até à data, os hospitais receberam 716 ventiladores.

No início da pandemia, lembrou, foram contabilizados 1.142 ventiladores, com capacidade para o tratamento da COVID-19, e o objetivo estabelecido é duplicar essa capacidade.