Voltar

Quase 70% das pessoas já recuperaram da COVID-19

idosa no lar banner

Portugal regista esta sexta-feira mais 318 casos de recuperação da COVID-19, o que eleva para 34.687 o número total de doentes dados como recuperados desde o início da pandemia. Com este número, o país tem agora 69.8% pessoas curadas da COVID-19, adiantou hoje a Ministra da Saúde, Marta Temido, na conferência de imprensa de atualização dos dados.

De acordo com o boletim epidemiológico publicado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas últimas 24 horas registaram-se mais 313 casos confirmados de COVID-19, o que corresponde a um aumento de 0.4% em relação ao dia anterior, elevando para 49.692 o número total de infetados.

Do total de novos casos, 253 (80.8%) registaram-se na região de Lisboa e Vale do Tejo, que é também aquela onde ocorreu a maioria dos óbitos (seis dos sete que se registaram nas últimas 24 horas).

A última atualização indica que o número de pessoas internadas diminuiu para as 420 (menos 11) e nos Cuidados Intensivos estão agora 52 pessoas (menos 7).

A Ministra da Saúde frisou que começa a haver “bons resultados” no combate à COVID-19 na região de Lisboa e que o índice de transmissibilidade situou-se nos 0,92 entre 16 e 20 de julho, registando uma “evolução muito favorável”.

Marta Temido revelou também que continuam ativos 198 surtos em todo o país, a maior parte (127) na região de Lisboa e Vale do Tejo, 40 na região Norte, 13 no Centro, 13 no Algarve e cinco no Alentejo.

A governante assume que reduzir os números é “um caminho lento, moroso, difícil” para o qual é preciso olhar “com prudência”, mas salientou que “começam a surgir bons resultados”.