Voltar

Público nos jogos da Seleção Nacional irá funcionar como “teste piloto”

30/09/2020
67_ Recomendações para todas as idades _desktop

A Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, esclareceu hoje que a presença de público prevista para dois jogos da seleção portuguesa vai funcionar como um teste piloto, aproveitando o facto de estes serem jogos de baixo risco. 

Em declarações aos jornalistas na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia da COVID-19, a especialista em saúde pública explicou que será testado o comportamento das pessoas, nomeadamente nas entradas e saídas do estádio. 

“Isto não quer dizer mais nada a não ser que estamos a fazer um teste. Estamos a testar as condições para ver o comportamento das pessoas – sem qualquer estigma aqui associado –  para a entrada e a saída de um estádio (…)”, referiu, acrescentando que “não podemos tirar conclusões antes de avaliar estes pilotos”. 

Antes de entrar no chamado “modo de produção”, adiantou, poderá haver ainda um terceiro teste piloto. 

“Foi sempre dito que a nossa prioridade, neste período que acabou, era a abertura das escolas para vermos todo o comportamento e dinâmica. Não estava prevista a existência de público nos estádios e daí o que referiu [pedidos do Vitória de Guimarães e do Benfica recusados] não terem tido público nos estádios. A situação vai evoluindo e vamos apenas fazer dois testes piloto. E dois projetos pilotos é isso: testar o conceito para ver se resulta em segurança”, apontou.