Voltar

Portugal já realizou 1.9 milhões de testes de diagnóstico à COVID-19

21/08/2020
COVID19 noticia_016_mobile

Portugal realizou cerca de 1.9 milhões de teste de diagnóstico à COVID-19 desde o dia 1 de março, adiantou esta sexta-feira o Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia.

“Apesar de ser um período de férias por excelência, em agosto não houve um decréscimo da testagem. Foram feitos em média cerca de 13.600 testes por dia”, revelou o governante, destacando que há, neste momento, 100 laboratórios a processar amostras.

“Esta rede será estendida no âmbito da estratégia integrada outono/inverno”, destacou o responsável. Até à data, 47.4% dos testes foram feitos em laboratórios públicos, 40.5% nos privados e 12.1% em laboratórios da academia e militares.

Segundo Lacerda Sales, a situação nos lares mantém alguma estabilidade. “Há 70 Estruturas Residenciais Para Idosos com casos positivos, o que corresponde a 2.8% do universo de ERPIs em Portugal. São 532 utentes e 229 profissionais positivos”, especificou, acrescentando que os surtos continuam a ser acompanhados com atenção, num trabalho de parceria com a Segurança Social, as instituições e as autarquias.

Como é habitual, a conferência de imprensa começou com a atualização dos números. De acordo com o relatório de situação publicado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS), foram notificados mais 219 casos de COVID-19 nas últimas 24 horas, o que eleva para 55.211 o número total de infetados.

Já o número de recuperados teve um aumento de 209, pelo que o país contabiliza agora 40.473 pessoas curadas da COVID-19.

Por outro lado, foram notificados mais quatro óbitos por COVID-19. Neste momento, o país soma 1.792 mortes relacionadas com a pandemia e uma taxa de letalidade de 3.2%, que sobe para 15.5% na população com mais de 70 anos.