Voltar

Portugal já não tem crianças infetadas com COVID-19 em cuidados intensivos

11/06/2020
criança banner

A Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, revelou esta quinta-feira que já só estão internadas duas crianças com COVID-19 em Portugal e que nenhuma se encontra em unidade de Cuidados Intensivos.

A responsável pela Direção-Geral da Saúde (DGS) falava aos jornalistas na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia da COVID-19. Questionada sobre este tema, aproveitou para dar “uma notícia muito boa”: “Tomamos como bons os resultados do Hospital Dona Estefânia, que neste momento tem duas crianças internadas e nenhuma está em unidade de Cuidados Intensivos”.

“Uma notícia que nos apraz muito dar é este pequeno número de crianças que neste momento está internada e nenhuma está em Cuidados Intensivos”, frisou.

No decorrer da conferência de imprensa, adiantou também que as viagens são um dos assuntos que estão a ser trabalhados neste momento.

“Uma das prioridades em que estamos agora a trabalhar é na questão das viagens, nomeadamente no que diz respeito não só aos transportes aéreos, mas também aos navios de cruzeiro Para que existam medidas de segurança é preciso uma logística complexa que nos permita identificar rapidamente um passageiro e, obviamente, fazer aquilo que temos que fazer que é encontrar os seus contactos”, explicou.

Para que essa rede seja estabelecida rapidamente, “é preciso sabermos exatamente quem é, onde viajou, onde está” e é nisso que as autoridades de saúde estão a trabalhar.

Como habitualmente, a conferência de imprensa começou com a atualização dos números da pandemia. De acordo com o boletim epidemiológico publicado esta quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde, Portugal regista hoje mais 310 casos confirmados de COVID-19, o que representa um aumento de 0.9% face ao dia de ontem, elevando para 35.920 o número total de casos.

Por outro lado, contabilizam-se 22.002 doentes recuperados da COVID-19, o que significa um aumento de 260, ou seja, 1.2%.

Neste momento, Portugal tem 415 pessoas internadas com COVID-19, menos 0.5% do que no dia de ontem, das quais 70 em unidades de Cuidados Intensivos (o mesmo número de ontem).

Nas últimas 24 horas ocorreram mais 7 óbitos relacionados com a pandemia, o que eleva para 1.504 o número total de mortes, a que corresponde uma taxa de letalidade de 4.2%, que sobe para os 17.5% na população com mais de 70 anos.