Voltar

Portugal já fez mais de um milhão de testes de diagnóstico

15/06/2020
testes banner

A Ministra da Saúde, Marta Temido, revelou esta segunda-feira que Portugal atingiu ontem um milhão de testes de diagnóstico à COVID-19 realizados, com 6.5% de resultados positivos.

“É um número muito significativo de testes realizados, que coloca o país nos primeiros em termos de número de testes realizados e tem-nos permitido detetar rapidamente um conjunto de novos casos”, disse a governante, em declarações aos jornalistas na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia.

Segundo a responsável, “do total destes testes, 45.2% foram realizados em laboratórios públicos, 39.3% em laboratórios privados e 15.7% em outros laboratórios”.

Desde há um mês, prosseguiu, verifica-se um acréscimo do número de testes na região de saúde de Lisboa e Vale do Tejo (LVT), com várias operações de testagem massiva, nomeadamente de 30 de maio a 6 de junho nos concelhos de Amadora, Lisboa, Loures, Odivelas e Sintra.

“Deste esforço intensivo de testes resultou uma melhor identificação dos novos casos”, sublinhou, destacando que, nesta região, foram realizados em média 4.600 testes por dia em maio e junho, ou seja, mais mil do que no mês de abril.

No âmbito do rastreio realizado nos concelhos de LVT que incidiu em determinadas áreas económicas, foram realizadas 14.117 colheitas de amostras de material biológico, 731 das quais com resultados positivos (5,1%). Destes resultados, 93% já se encontram nos boletins epidemiológicos.

De acordo com o boletim epidemiológico publicado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista mais 346 casos confirmados de COVID-19, ou seja, mais 0.9% do que no dia anterior, o que eleva para 37.036 o número total de infetados.

Do total de novos casos, 19 foram identificados na região Norte, 18 na região Centro, 300 na região de Lisboa e Vale do Tejo (87%), 5 no Alentejo e 4 no Algarve.

Por outro lado, verificam-se mais 183 casos de recuperação no país, que contabiliza agora 22.852 pessoas curadas da COVID-19.

Nas últimas 24 horas ocorreram mais três óbitos por COVID-19, pelo que Portugal regista hoje 1.520 mortes relacionadas com a pandemia.

A taxa de letalidade por COVID-19 situa-se nos 4.3% e sobe para os 17.3% na população com mais de 70 anos.