Voltar

Portugal é o quinto país da União Europeia que mais testa

10/07/2020
testes banner

Portugal realizou cerca de 1.3 milhões de testes à COVID-19 desde o início de março, permanecendo como o quinto país da União Europeia que mais teste realiza.

O anúncio foi feito esta sexta-feira pela Ministra da Saúde, Marta Temido, na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia da COVID-19.

A governante frisou que Portugal tem uma estratégia “intensiva e alargada”, que se compromete “a não abdicar”.

“Portugal permanece o quinto país da União Europeia que mais testes realiza. Essa é uma informação pública. Realizamos, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, desde 01 de março até ontem [quinta-feira] mais de um milhão e 316 mil testes”, sublinhou Marta Temido.

De acordo com a responsável, a percentagem de testes realizada em março foi de 6,1%, número que subiu para 26,4% em abril, enquanto em maio se registou na ordem dos 30,2% e em junho nos 26,8%. No presente mês, com dados atualizados a quinta-feira, a percentagem é de 8,5%.

“Isto significa que já foram realizados 111 mil testes só em julho até ontem [quinta-feira]. No mês de abril foi feita uma média [diária] de 11.500 testes, em maio a média foi de 13.000 testes, em junho foi de 11.700 testes e em julho está de 13.700 testes. E há muitas entidades empregadoras e autarquias que estão a realizar rastreios de grande amplitude”, acrescentou Marta Temido.

Portugal segue, assim, “uma estratégia de testes a indivíduos sintomáticos e de rastreio a indivíduos assintomáticos intensiva e alargada”.

“Isto é algo que não pretendemos abdicar em nome da identificação precoce de casos”, garantiu.