Voltar

Portugal aguarda um milhão de vacinas contra a COVID

29/07/2021
1_template-imagens_vacinas

Portugal poderá receber cerca de um milhão de vacinas contra a COVID-19, adiantou o coordenador da Task Force.

“Vamos perder cerca de 470 mil vacinas da AstraZeneca porque já não fazem sentido no nosso plano, mas há um esforço, quer do INFARMED, quer do Ministério da Saúde, para adquirir vacinas em parceiros europeus”, afirmou o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo. O responsável considera que esse “esforço” pode trazer ao plano de vacinação em curso cerca de um milhão de vacinas, “o que é muito importante para a aceleração do processo de vacinação”.

O responsável sublinhou que a disponibilidade de vacinas seria menor sem estas “negociações que estão a ser conduzidas com sucesso pelo Ministério da Saúde e pelo INFARMED para ir buscar vacinas da Janssen e da Pfizer a parceiros europeus”.

Henrique Gouveia e Melo chamou ainda a atenção para o progresso da campanha de vacinação em Portugal. “As faixas acima dos 60 anos estão, praticamente, totalmente protegidas”, na faixa dos 50 anos há ainda 4% para completar o esquema vacinal e nos 40 anos essa percentagem de cobertura vacinal em falta é de 10%. “Já estamos também muito avançados na faixa dos 30 anos, a avançar fortemente na faixa dos 20 anos e a planear agora para a faixa de baixo”, referiu o coordenador da Task Force.