Voltar

Portugal aguarda a chegada de 443 ventiladores esta semana

03/06/2020
vírus covid banner

“Chegam hoje a Portugal 108 ventiladores, prevendo-se que até sábado cheguem mais 335 destes equipamentos em voos sequenciais”, anunciou esta quarta-feira o Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia de COVID-19.

Segundo o governante, “estes 443 ventiladores que se encontravam na embaixada da República portuguesa em Pequim juntam-se, assim, aos 264 que já estão em território nacional, num total de 707 equipamentos, ou seja, 61% do total das compras efetuadas pela ACSS [Administração Central do Sistema de Saúde]”.

No total, lembrou, o Ministério da Saúde adquiriu 1.151 aparelhos de forma a duplicar a sua capacidade de ventilação para doentes internados em Cuidados Intensivos, “o que é de facto um grande esforço e um grande reforço da nossa capacidade de resposta”.

Lacerda Sales sublinhou que este reforço “será útil não só para uma possível nova vaga de pandemia, como também para o futuro”.

“Não só não temos ventiladores perdidos, como também não perdemos o rumo da nossa estratégia de combate a esta pandemia”, esclareceu o responsável, acrescentando que têm sido tomadas “as melhores decisões com base na melhor evidência disponível” e com “o dinamismo que uma situação como esta comporta”.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), registam-se 33.261 casos confirmados de COVID-19, mais 366 do que ontem, o que representa um aumento de 1.1%.

Nas últimas 24 horas verificaram-se mais 210 casos de recuperação, o que elevou para 20.079 o número total de recuperados, e mais 11 mortos, pelo que Portugal contabiliza agora 1.447 óbitos relacionados com a COVID-19.