Voltar

Plataforma do SNS 24 para cidadãos surdos já atendeu 66 chamadas

A plataforma de atendimento por videochamada no Centro de Contacto do Serviço Nacional de Saúde – SNS24, que entrou em funcionamento no dia 21 de abril, já atendeu 66 chamadas relacionadas com a pandemia de COVID-19.

A informação foi avançada esta quinta-feira pelo Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia, onde destacou a importância deste serviço para os cidadãos surdos.

Segundo o governante, a linha SNS 24 continua a atender, em média, 5.500 chamadas por dia, “um número que se tem mantido estável”.

Já a plataforma Trace COVID tem atualmente 73.520 profissionais de saúde inscritos e um total acumulado de 398.000 utentes, sendo que 16.000 encontram-se em vigilância ativa.

Lacerda Sales destacou que Portugal continua a aumentar a testagem à COVID-19, registando um total de 698.000 testes de diagnóstico realizados até ao momento. A rede, sublinhou, é atualmente composta por 80 laboratórios, dos quais 33 no setor público, 23 no setor privado e 24 noutras instituições.

De acordo com o boletim epidemiológico publicado pela Direção-Geral de Saúde (DGS), Portugal regista 29.912 casos confirmados de COVID-19, mais 252 do que no dia de ontem, ou seja, mais 0.8%.

Por outro lado, verificam-se 1.277 óbitos (mais 14) relacionados com a COVID-19 e 6.452 casos de recuperação da infeção provocada pelo novo coronavírus.

A última atualização indica que há 608 casos em internamento, dos quais 92 em unidades de Cuidados Intensivos (menos um do que na quarta-feira).

Neste momento, a taxa de letalidade global é de 4.3% e acima dos 70 anos é de 16.3%.