Voltar

Menos 40 pessoas internadas por COVID-19

infectado com covid banner

O número de doentes internados por COVID-19 continua “a diminuir significativamente”, adiantou este domingo a Ministra da Saúde, Marta Temido, na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia.

Este domingo registam-se menos 40 pessoas internadas por COVID-19, pelo que o número de internamentos desceu de 514 para 474, dos quais 74 internados em unidades de Cuidados Intensivos (mais um do que no dia anterior).

Marta Temido reforçou o trabalho que está a ser desenvolvido nos focos de doença da região de Lisboa e Vale do Tejo. Nos últimos dias, lembrou, esta região representou mais de 85% do total de novos casos do país, o que requer uma atenção especial.

“Estamos em campo, no terreno, com um conjunto de medidas específicas muito focadas na saúde pública e que têm em conta as caraterísticas dos focos que encontramos”, sublinhou, destacando a intensificação do rastreio nas áreas associadas à construção civil e às cadeias de abastecimento, a testagem de todas as pessoas que contactaram com focos de doença, a determinação do seu confinamento obrigatório e a fiscalização do mesmo, a identificação de locais alternativos para o isolamento e o acompanhamento dos casos confirmados nos domicílios.

Devido à situação atual, a Ministra da Saúde assumiu a inviabilidade de ter uma retoma da atividade assistencial do Serviço Nacional de Saúde (SNS) nos concelhos mais afetados (Agrupamentos dos Centros de Saúde de Loures, Odivelas, Amadora e Sintra) ao ritmo que decorre nos outros locais do país.  

De acordo com o boletim epidemiológico publicado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista este domingo 32.500 casos confirmados de COVID-19, mais 297 do que no sábado, o que responde a um acréscimo de 0.9%.

Relativamente à distribuição dos novos casos, 21 registam-se na região Norte, 5 na região Centro, 268 na região de Lisboa e Vale do Tejo e 3 na região do Algarve.

Por outro lado, verificam-se 19.409 casos de recuperação, mais 233 do que no dia de ontem, o que significa que quase 60% dos infetados já recuperaram da infeção.

Nas últimas 24 horas ocorreram mais 14 óbitos (11 no Norte e 3 na região de Lisboa e Vale do Tejo) relacionados com a COVID-19, o que eleva para 1.410 o número total de mortes.  

Segundo a Ministra da Saúde, há registo de um óbito na população entre os 20 e os 29 anos. “Trata-se de uma situação de doença complexa associada à COVID-19”, esclareceu.