Voltar

Linha SNS 24 atende sete mil chamadas por dia

idoso no telemóvel banner

A linha SNS 24 tem estado a atender em média cerca de 7.000 chamadas por dia, registando um tempo médio para atendimento de menos de meio minuto, adiantou esta quarta-feira o Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia de COVID-19.

Em declarações aos jornalistas, o governante lembrou que o serviço SNS 24 “continua a ser a porta de entrada no Serviço Nacional de Saúde e serve não só para doentes com suspeita de COVID-19 como outros que possam ter dúvidas sobre se devem ou não recorrer às unidades de saúde”.

No início da sua intervenção, Lacerda Sales apresentou os dados atualizados da pandemia, de acordo com o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS): 24.505 casos confirmados de COVID-19 (mais 183 do que no dia de ontem), 973 óbitos e 1470 casos de recuperação da doença.

Numa altura em que o país se prepara para sair do estado de emergência, o Secretário de Estado sublinhou que “Portugal continuará a ter que lidar com esta emergência de saúde pública”, pois “a epidemia continua e continuará a fazer parte das nossas vidas”.

“Somos todos agentes de saúde pública”, prosseguiu, destacando que agora “somos ainda mais chamados a cumprir a nossa missão: olhar por nós e pelos outros. Também está em cada um de nós a missão de salvar vidas”.
Nesta altura, alertou, “continuamos a ter responsabilidade acrescida em não sobrecarregar o SNS para que ele continue a dar resposta às exigências impostas pela COVID-19, mas também paulatinamente, continuando a responder às outras doenças”.