Voltar

Idosos e profissionais de saúde são prioritários para receber a vacina da gripe

04/07/2020
idosos no computador banner

A Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, disse esta sexta-feira que Portugal pretende começar a administrar a vacina contra a gripe mais precocemente e, ao mesmo tempo, aumentar a cobertura vacinal.

“A nossa grande aposta é começar a vacinar o mais precocemente possível e vamos começar a vacinar por dois grupos que para nós são muito importantes”, adiantou a especialista em saúde pública, acrescentando que a prioridade são os profissionais de saúde e prestadores de cuidados a outros, bem como os idosos residentes em lares.

Graça Freitas falava aos jornalistas na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia, onde recordou que, este ano, Portugal decidiu adquirir 2 milhões de doses da vacina contra a gripe para o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

“Queremos aumentar a cobertura vacinal”, sublinhou a Diretora-Geral da Saúde, destacando que o objetivo é vacinar “mais cedo e mais rapidamente”.