Voltar

Governo elogia papel da comunicação social durante a pandemia

29/05/2020
covid virus banner

O Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, aproveitou a conferência de imprensa de hoje para elogiar o “imprescindível papel da comunicação social” no decorrer da pandemia da COVID-19.

“Tem sido um longo caminho de atualização de números e esclarecimentos de dúvidas, de sensibilização da população para as medidas de proteção, de atualização dessas medidas face à proporção do surto”, começou por dizer o governante, lembrando que há quase três meses que os responsáveis se reúnem diariamente com os jornalistas no Ministério da Saúde.

Lacerda Sales destacou que ao longo do caminho têm procurado “dar as melhores respostas à população com base na melhor evidência científica em cada momento, perante um cenário muitas vezes de incerteza, onde todos temos aprendido com todos”.

“Permitam-me por isso uma palavra à comunicação social, que tem estado sempre connosco, todos os dias. Esteve durante o confinamento, durante a fase de emergência, e agora que estamos progressivamente a regressar às nossas rotinas. Muito obrigada a todos os jornalistas pelo imprescindível papel que desempenharam”, destacou o responsável.

Como habitualmente, a conferência de imprensa começou com a atualização dos dados relativos à pandemia. De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista esta sexta-feira 31.946 casos confirmados de COVID-19, mais 350 do que ontem, ou seja, mais 1.1%.

Por outro lado, verificam-se 529 casos em internamento, dos quais 66 em unidades de Cuidados Intensivos, e 1.383 óbitos relacionados com a infeção provocada pelo novo coronavírus.

Nas últimas 24 horas registam-se ainda mais 274 casos de recuperação, elevando para 18.911 o número total de recuperados (59.2% do total de infetados).

Neste momento, 34.8% encontram-se em tratamento no domicílio e 1.7% internados (0.2% em Cuidados Intensivos e 1.5% em enfermaria).