Voltar

Governo apela ao foco e disciplina no cumprimento das recomendações

24/06/2020
vírus banner

A Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, apelou esta quarta-feira ao foco e à disciplina no cumprimento das recomendações de prevenção da COVID-19 emitidas pelas autoridades de saúde.

“Devemos manter o foco e a disciplina no cumprimento das recomendações, agora redobradas, exercendo a responsabilidade individual que nos é devida enquanto membros de uma comunidade e agentes de saúde pública”, disse a governante, em declarações aos jornalistas na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia da COVID-19.

A responsável referia-se a medidas como o distanciamento físico, as regras de higiene e etiqueta respiratória, “para que a pandemia não vença”.

“Esta epidemia continuará a colocar-nos permanentes desafios e adversidades, que queremos e vamos ultrapassar – estamos certos disso”, sublinhou.

Apesar das circunstâncias excecionais, frisou, “temos que responder solidariamente em cada uma das áreas da nossa vida, com eficácia e soluções para cada um dos obstáculos que vão surgindo”.

Como é habitual, a conferência de imprensa começou com a atualização dos números. De acordo com o boletim epidemiológico publicado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista mais 367 casos confirmados de COVID-19 (82% dos quais na região de Lisboa e Vale do Tejo), o que significa um aumento de 0.9% em relação ao dia de ontem, que eleva para 40.104 o número total de infetados no país.

Por outro lado, foram registados mais 254 doentes recuperados da infeção provocada pelo novo coronavírus, mais 1%, pelo que o país contabiliza agora 26.083 pessoas curadas da COVID-19.

Do total de casos ativos, 429 encontram-se internados, menos 2.7% do que na terça-feira, e 73 em unidades de Cuidados Intensivos (mais 1).

Neste momento, o país regista 1.543 óbitos relacionados com a pandemia, sendo a taxa de letalidade global de 3.8% e de 16.6% na população acima dos 70 anos.