Voltar

Direção-Geral da Saúde lançou novo modelo do relatório de situação

17/08/2020
relatório de situação

A Direção-Geral da Saúde (DGS) apresentou esta segunda-feira o novo modelo de relatório de situação da COVID-19, que inclui as variações diárias dos diferentes indicadores, bem como o número de casos ativos.

Em declarações aos jornalistas na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia, o Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, explicou que, com o novo modelo, a informação fica mais simples e acessível aos cidadãos.

“Esta pandemia é dinâmica e tem obrigado a uma adaptação e ajustes frequentes. É natural que face à fase pandémica em que nos encontramos, distinta da que tínhamos em março, tenha havido um ajuste no que toca à informação a disponibilizar, bem como na forma de a apresentar, tornando-a mais simples e acessível aos cidadãos”, esclareceu.

Entre as novidades, destacou, incluem-se “o reporte das variações diárias e também o número de casos ativos”. “Esperamos assim ter mais clareza na informação disponibilizada. Garantidamente, o rigor será o mesmo de sempre”, sublinhou o governante.

De acordo com o boletim epidemiológico publicado hoje pela DGS, Portugal regista esta segunda-feira mais 103 casos de recuperação da COVID-19, o que eleva para 39.800 o número total de recuperados, ou seja, 73.4% do total de infetados pelo novo coronavírus.

Desde março, foram confirmados 54.234 casos de COVID-19 em Portugal, o que representa um aumento de 123 em relação ao dia de ontem (mais 0.2%).

Neste momento, 97.3% dos casos ativos (são atualmente 12.655) encontram-se a recuperar no domicílio, enquanto 2.7% estão internados, dos quais 0.3% em unidades de Cuidados Intensivos e 2.4% em enfermaria.

Por outro lado, o país acumula 1.779 óbitos (mais um do que ontem) relacionados com a pandemia da COVID-19. Com este número, a taxa de letalidade é de 3.3% e sobe para 15.6% na população com mais de 70 anos.