Voltar

DGS emite orientação sobre terapia nutricional em doentes com COVID-19

idosa banner

A Direção-Geral da Saúde (DGS) publicou uma orientação sobre a terapia nutricional dos doentes com COVID-19, que, nos casos em que ocorre internamento, deve fazer parte integrante da sua abordagem terapêutica.

Segundo o documento, o suporte nutricional “é uma das componentes essenciais da prestação de cuidados de saúde a todos os doentes internados nas enfermarias (em áreas dedicadas a doentes COVID-19) e Unidades de Cuidados Intensivos, podendo reduzir o risco de complicações”.

Como não existe evidência no que respeita à terapia nutricional específica para os doentes críticos e não críticos com COVID-19, a orientação sugere um conjunto de guidelines que devem ser seguidas, nomeadamente oHandbook of COVID-19 Prevention and Treatment, que reúne as boas práticas adotadas na China para tratar doentes com infeção provocada pelo novo coronavírus.

Relativamente à via de administração, a via oral deve ser privilegiada em doentes com COVID-19 menos graves, sendo que nos doentes críticos a Nutrição Entérica é a via preferencial.

A orientação refere também as necessidades proteicas e energéticas, a terapia nutricional e fósforo sérico, entre outras, bem como as sugestões para a reorganização dos Serviços de Nutrição das Unidades Hospitalares, em função das condições locais.

O documento resulta da colaboração entre o Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável da DGS, o Departamento da Qualidade na Saúde da DGS, a Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, a Ordem dos Nutricionistas e um conjunto de especialistas.