Voltar

DGS e INSA publicam relatório de monitorização das linhas vermelhas para a COVID-19

03/04/2021
plano

A Direção-Geral da Saúde (DGS) e o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) disponibilizam hoje um relatório de monitorização das linhas vermelhas para a COVID-19, que passará a ser publicado semanalmente, às sextas-feiras.

O relatório inclui os diversos indicadores descritos no documento das Linhas Vermelhas, nomeadamente a incidência a 14 dias e o índice de transmissibilidade (Rt), nacionais e por região de saúde.

O documento considera também a evolução dos internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos a nível nacional, bem como o grupo etário com maior número de casos COVID-19 internados em UCI.

A par destas informações é apresentada a evolução da proporção de testes positivos para SARS-CoV-2, a proporção de casos confirmados de infeção notificados com atraso (mais de 24 horas) na plataforma de suporte ao SINAVE e a proporção de isolamento e rastreamento nas primeiras 24 horas, assim como o número de profissionais envolvidos no rastreamento de contactos.

Por último, o relatório tem um capítulo dedicado às novas variantes de SARS-CoV-2, onde são apresentadas as proporções das Variantes de Preocupação, por região de saúde.

A monitorização destes indicadores é fundamental para o acompanhamento da evolução da epidemia de COVID-19 em Portugal e para dotar as autoridades de saúde e o público de informação que permita implementar medidas que contribuam para o seu controlo.

Consulte o Relatório: Monitorização das linhas vermelhas para a COVID-19