Voltar

Desconfinamento será um processo gradual

24/04/2020
imagem medicos

O Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, lembrou esta sexta-feira que o desconfinamento “será um processo gradual para que todo o esforço coletivo não tenha sido em vão”.

Destacando que “os portugueses têm sido extraordinariamente responsáveis na forma como têm respeitado o confinamento”, Lacerda Sales disse que o Governo espera que também o sejam “na hora do desconfinamento que, ao contrário da primavera, ainda não chegou”.

Em declarações aos jornalistas na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia de COVID-19, o governante referiu que o estado de emergência “mudou significativamente as nossas vidas” e “a obrigação de nos protegermos colocou parcialmente a nossa vivência em sociedade em suspenso”.

Nesta fase de pandemia, prosseguiu, “há franjas mais vulneráveis da população com problemas acrescidos”, que temos “o dever de proteger”, nomeadamente a população com problemas de dependências e a população sem-abrigo.

Também presente na conferência de imprensa, João Goulão, presidente do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), lembrou que estes grupos mais vulneráveis têm dificuldade em cumprir algumas medidas de higiene, como a lavagem das mãos, pelo que destacou o papel das autarquias e das instituições que prestam apoio a estas pessoas.

Para responder às preocupações da população com dependências durante a pandemia, revelou, a Linha Vida SOS Droga 1414 foi reforçada, tanto ao nível dos recursos humanos como no horário.