Voltar

Cerca de 70% dos casos de COVID-19 têm origem em convívios familiares

09/11/2020
06_Alimentacao_desktop

A Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, lembrou esta segunda-feira que cerca de 68 a 70% dos novos casos de COVID-19 têm origem em convívios familiares e sociais, nomeadamente naqueles que envolvem refeições. 

Em declarações aos jornalistas na conferência de imprensa de atualização dos dados sobre a COVID-19, a especialista em saúde pública explicou que o momento da partilha de bebidas é “extremamente crítico” no que diz respeito à transmissão do vírus. 

Em causa, sublinhou, está o facto de as refeições serem momentos “de grande descontração e de grande proximidade”, nos quais as pessoas não estão a usar máscara. 

As refeições constituem, assim, situações de “alto risco”, pelo que apenas devem ser partilhadas com o núcleo familiar que vive na mesma casa.