Voltar

Cada pessoa infetada com COVID-19 contagia em média 1.02

30/05/2020
idoso banner

O número médio de casos a que cada caso infetado com COVID-19 dá origem situava-se, entre os dias 23 e 27 de maio, em 1.02, adiantou este sábado a Ministra da Saúde, Marta Temido, na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia.

“De acordo com os dados mais recentes da unidade de investigação epidemiológica do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), a média do Rt para os dias 23 a 27 de maio era de 1.02”, afirmou, em declarações aos jornalistas. A média variava entre 0.93 na região Norte, 0.98 na região Centro e 1.05 na região de Lisboa e Vale do Tejo.

“O número médio de casos secundários resultantes de um caso infetado medido em função do tempo, o Rt, deve ser calculado ao longo da epidemia e mede a transmissão ao longo do tempo”, explicou Marta Temido, lembrando que este valor já se situou nos 2.33.

Na conferência de imprensa que decorreu no Ministério da Saúde, começou por atualizar os números da pandemia. De acordo com o relatório epidemiológico publicado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista este sábado 32.203 casos confirmados de COVID-19, mais 257 do que ontem, dos quais 14 na região Norte, 11 no Centro, 231 na região de Lisboa e Vale do Tejo e 1 no Algarve.

Nas últimas 24 horas registaram-se mais 13 óbitos, o que elevou para 1.396 o número total de mortes. Por outro lado, verificam-se 19.186 pessoas curadas da COVID-19, mais 275 do que no dia anterior.

Portugal tem atualmente 514 doentes internados por COVID-19 (menos 13 do que no dia anterior), dos quais 63 em unidades de Cuidados Intensivos (menos 3).

A taxa de letalidade global situa-se atualmente nos 4.3% e sobe para os 17% na população acima dos 70 anos.