Voltar

Aumento da testagem não se reflete num aumento proporcional de casos

lavar mãos banner

O Secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, disse esta terça-feira que “o aumento de testagem [à COVID-19] continua”. Porém, não se está a “refletir num aumento proporcional de casos, o que é seguramente um bom indicador”.

Em declarações aos jornalistas na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia, o governante adiantou que Portugal já ultrapassou a barreira dos 750.000 testes de diagnóstico à infeção provocada pelo novo coronavírus, e mantém a tendência de aumento da testagem.

Na sua intervenção inicial, o responsável atualizou também os dados relativos à plataforma Trace COVID: 430.000 mil utentes inscritos, dos quais 14.700 em vigilância clínica.

A linha de aconselhamento psicológico, referiu, continua a atender em média 200 chamadas por dia, enquanto a plataforma de videochamadas para cidadãos surdos já atendeu 70 pessoas.

De acordo com o relatório epidemiológico publicado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), o país regista 31.007 casos confirmados de COVID-19, mais 219 do que ontem, o que corresponde a um aumento de 0.7%, e 1.342 óbitos relacionados com a infeção (mais 12).

Por outro lado, Portugal contabiliza 18.096 casos de recuperação da COVID-19 (mais 274 do que na segunda-feira), que representam 58.4% do total de casos.

Dos 513 casos em internamento (1.6% do total), 71 encontram-se em unidades de Cuidados Intensivos (menos 1 do que ontem).