Voltar

Aplicação STAYAWAY COVID disponível em breve

05/08/2020
fake news

A aplicação STAYAWAY COVID vai ser disponibilizada brevemente, após a publicação do diploma que foi ontem promulgado pelo Presidente da República. Esta aplicação tem como objetivo contribuir para a localização de contactos próximos de alguém que foi diagnosticado nas 48 horas anteriores ao teste.

Na conferência de imprensa de balanço da pandemia de COVID-19, o presidente dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), Luís Goes Pinheiro, explicou os objetivos desta aplicação e adiantou que quase mil pessoas já estão a testá-la.

“Este é mais um instrumento de combate à pandemia. Não será deste instrumento que virá a grande revolução, mas é mais uma ajuda para continuar a melhorar, independentemente da adesão” que venha a ter em Portugal.

De forma a garantir a confidencialidade, os dados recolhidos pela aplicação serão “apagados após 14 dias, para evitar que dados pessoais estejam guardados para lá do que é necessário”.

Para tal, é preciso que a aplicação esteja ativada no telemóvel e que, aquando do diagnóstico, seja solicitado ao profissional de saúde “um código para introduzir no telemóvel”.

Através deste código, a aplicação irá notificar os contactos, explicou o responsável.

Sendo este um projeto acarinhado pela União Europeia, há um empenho em criar um sistema de interoperabilidade” entre aplicações desenvolvidas por vários países, referiu Luís Goes Pinheiro.

Portugal regista hoje mais um óbito e 167 novos casos de infeção por COVID-19, de acordo com o relatório da situação epidemiológica da COVID-19, da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia foram contabilizados 51.848 casos confirmados e 1.740 mortes óbitos.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 37.369 pessoas, mais 423 relativamente ao dia de ontem, estando a aguardar resultado laboratorial 1.437 pessoas.