Voltar

Alojamento alternativo para cumprir isolamento já está a ser garantido

31/05/2020
estou em isolamento e agora?

A Ministra da Saúde revelou hoje que já há pessoas na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) às quais foram atribuídos alojamentos alternativos, de forma a poderem cumprir o isolamento devido à COVID-19.

Marta Temido falava aos jornalistas na conferência de imprensa de atualização dos dados da pandemia, onde foi questionada se o Governo já está a assegurar alojamento para as pessoas que não têm condições de habitabilidade.

“Já há pessoas nessa situação”, revelou, um dia depois de anunciar que esta era uma das medidas previstas para a contenção dos surtos na região de LVT, que nos últimos dias concentrou mais de 85% do total de novos casos do país.

Segundo Marta Temido, existem várias estruturas “disponíveis para acolher estas pessoas”, nomeadamente pousadas da juventude, centros do Inatel e outras, como estruturas de campanha, que ainda não foram usadas.

Esta manhã, a Ministra da Saúde esteve na região da Amadora “com a Cruz Vermelha, que tem cerca de uma centena de camas para este efeito”.

De acordo com o boletim epidemiológico publicado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista este domingo 32.500 casos confirmados de COVID-19, mais 297 do que no sábado, o que responde a um acréscimo de 0.9%.

Relativamente à distribuição dos novos casos, 21 registam-se na região Norte, 5 na região Centro, 268 na região de Lisboa e Vale do Tejo e 3 na região do Algarve.

Por outro lado, verificam-se 19.409 casos de recuperação, mais 233 do que no dia de ontem, o que significa que quase 60% dos infetados já recuperaram da infeção.

Nas últimas 24 horas ocorreram mais 14 óbitos (11 no Norte e 3 na região de Lisboa e Vale do Tejo) relacionados com a COVID-19, o que eleva para 1.410 o número total de mortes.